Projeto Guerreirinhos fortalece marca Fluminense em Mundialito de Portugal

 
 

O projeto Guerreirinhos deu mais um importante passo para fortalecer a marca Fluminense no exterior. A unidade do Recreio, conhecida como Flu-Recreio, participou da 21ª Edição do Mundialito de Fut 7, realizado em Vila Real de Santo Antônio, em Portugal, e com partidas em Ayamonte, na Espanha.

Com participação de quatro faixas etárias, o torneio, realizado entre 12 a 20 de abril, contou com mais de dois mil atletas de 170 equipes, representando 25 países. Na abertura da competição, estiveram presentes mais de dez mil pessoas. Grandes clubes da Europa fizeram parte do Mundialito, assim como equipes de outros continentes e diversas escolas.

– O intercâmbio foi excelente e em razão da nossa presença surgiram vários convites para Torneios, em Valencia (Espanha), na Dinamarca e na Noruega. Voltamos do evento muito satisfeitos e já estamos iniciando o planejamento para o próximo passo. Em 2015, participaremos da Copa Disney, em Orlando, nos Estados Unidos, além do retorno ao Mundialito em Portugal – afirmou Jorge Tripoli, chefe da deleção e franqueado.

A Equipe Flu-Recreio participou na Categoria 2004/2005 para atletas até 10 anos, com uma delegação de 40 pessoas, entre elas, quatro responsáveis da unidade, 11 atletas e pais. O atleta Jonathan se machucou antes da viagem e não pôde participar da viagem.

A competição na categoria sub-10 contou com mais de 50 equipes entre clubes e escolas de futebol. Na primeira fase, a Flu-Recreio jogou seis partidas. A partir daí as equipes foram classificadas em séries ouro, prata, bronze e fair-play.

A Equipe Flu-Recreio chegou a final da série bronze formada basicamente por pequenos clubes e pelas escolas de futebol. A partida final contra a escola do Benfica-POR terminou empatada sem gols, mas a vitória nos pênaltis ficou com os Portugueses.

O coordenador do projeto Guerreirinhos da Unidade Flu-Recreio, Lívio Sérgio, destacou o amadurecimento dos atletas depois de uma viagem ao exterior e de confrontos com equipes internacionais:

– A participação foi excelente, como experiência eles se acostumaram a uma nova realidade, diferentes estilos de jogos e características de jogadores. Os meninos conviveram com a emoção da vitória, do empate, com a derrota e puderam compreendê-la e superá-la. Um ponto muito importante foi a união da equipe, que ficou muito fechada durante a viagem sempre incentivando uns aos outros. A participação dos pais foi muito importante, pois estiveram presente sempre incentivando e reconhecendo o esforço e o desempenho dos jogadores – afirmou Lívio.

Comissão Técnica: Jorge Tripoli, Lívio Sergio, André Luiz e Matheus Tripoli.
Atletas: Rapha, Erick, Gabriel, Pedrão, Yuri, Biel (João Gabriel), Monstrinho (João Vitor), Nicolas, Daniel, Irmão (João Pedro) e Pitbul (Sergio).